Translate

domingo, 17 de julho de 2022

Consciência Política

 


“Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, quer seja ao rei, como soberano, quer às autoridades, como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores como para louvor dos que praticam o bem” (I Pedro 2.13,14).

Esse texto é bastante apropriado para nós: ele nos fala de consciência política. É importante observarmos esse ensinamento bíblico por dois motivos, pelo menos. Em primeiro lugar, porque percebemos que a Bíblia também fala sobre a política; ela não a coloca como algo demoníaco ou com o que os cristãos não devem de modo nenhum se envolver. É necessário desmistificar o pensamento que muitos cristãos têm sobre política.

 Muitos cristãos imaginam que não podem e nem devem buscar uma consciência política; que todo e qualquer pensamento político é ruim e significa ausência de espiritualidade; que pelo fato de serem cristãos devem buscar apenas o sobrenatural, deixando as coisas naturais para os não-cristãos. Mas devemos refletir sobre a nossa posição aqui na terra: ainda não fomos glorificados, não fomos morar no céu. Ainda estamos na terra e precisamos ter a consciência das coisas que acontecem aqui. Não devemos pensar que o posicionamento do cristão diante da política deve ser desinteressado ou displicente. O cristão deve, pelo contrário, estar atento a todas as questões políticas do seu país e mais do que isso: a ordem de Pedro para os cristãos é: “Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor”. Pedro não está dizendo que os cristãos devem se colocar acima delas como se fossem melhores ou como se soubessem mais do que elas, nem se rebelar contra as autoridades quando sentirem que elas estão tomando atitudes erradas ou difamar e criticar as instituições humanas por causa dos seus erros. Há muitos que diante das situações da vida conclamam as pessoas à rebelião: dizem que as pessoas precisam pegar em armas e usurpar o poder do tirano explorador, propondo uma revolta em massa contra as autoridades instituídas. Outros levantam a sua voz para falar mal do governo ou para criticar os governantes, e levantam difamações ou criam boatos para desestabilizar sua administração.

Apesar de serem notórios entre os cidadãos do Império os excessos, as festas, as orgias e os absurdos praticados pelos imperadores de Roma, Pedro não conclamou os cristãos a se rebelar contra as instituições ou se colocar acima das mesmas para promoverem o julgamento. No entanto, ele também não disse que os cristãos devem se colocar passivamente debaixo das instituições humanas, com uma posição de ignorância. A Bíblia não admite uma postura de submissão sem reflexão. Há muitas pessoas que se sujeitam a alguma instituição simplesmente porque lhes é mais cômodo. Eles não querem pesquisar e nem estudar os princípios que regem aquela instituição, e tendem a confundir passividade com submissão – por isso vivem completamente ignorantes acerca das instituições e fazem o que fazem simplesmente porque sempre se fez daquele jeito – são como bois que, sem saber, seguem a boiada em direção ao matadouro.

Paulo não agia assim; ele era submisso às autoridades, mas não era passivo. Quando lemos acerca da sua prisão em Jerusalém, registrada em Atos 22, vemos que Paulo não era ignorante quanto às instituições humanas – ele conhecia as leis do Império em que ele vivia. Por isso, quando estava sendo amarrado para ser açoitado, Paulo disse: “Ser-vos-á, porventura, lícito açoitar um cidadão romano, sem estar condenado?” (At 22.25). Paulo fez lembrar aos seus exatores a Lex Porcia, que proibia que um cidadão romano fosse tratado com violência.

Pedro está chamando os cristãos para se colocarem abaixo das autoridades humanas. Com toda humildade, os cristãos devem reconhecer sua posição de autoridade e ser submissos a elas. Eles não devem tê-las como inimigos; antes, devem reconhecê-las como instrumentos de Deus. Ao afirmar isso, Pedro não está dizendo que os cristãos só devem se submeter às instituições que são justas aos seus olhos; pelo contrário, também àquelas autoridades civis que são injustas, arbitrárias e até mesmo não cristãs. O próprio Pedro, quando escreveu essa carta, estava vivendo debaixo do governo do imperador Nero, um homem pagão e insano. Apesar disso, Pedro se submete a ele e conclama as pessoas a fazerem o mesmo até as últimas conseqüências, que no caso de Pedro foi a morte por crucificação depois de ter-se negado a oferecer sacrifícios a outros deuses.

Às vezes existe má compreensão quanto à sujeição às autoridades civis. Essa sujeição deve ser total enquanto as autoridades não exijam que a pessoa cometa pecados contra Deus. Em Atos 5, por exemplo, vemos que os apóstolos se sujeitaram ao Sinédrio e por isso não se rebelaram quando foram açoitados, mas não se submeteram à ordem de pregar o nome de Cristo. Eles reconheceram que precisavam obedecer às autoridades, mas também que a obediência a Deus é sempre prioritária (Atos 5.29). Portanto, não importa quem é a autoridade civil sobre um determinado país; o que importa é que os cristãos devem estar em submissão a essa autoridade, dentro do limite da obediência a Deus.

Em segundo lugar, percebemos que Pedro orienta os cristãos a não serem meros observadores dos acontecimentos políticos. Eles devem, sim, se submeter às instituições humanas, mas, consciente, ativa e voluntariamente. Nas eleições no Brasil, por exemplo, o voto é obrigatório para todos os brasileiros que têm mais de 18 anos e menos de 70 anos. A obrigatoriedade do voto é uma instituição humana, estabelecida para garantir a todas as pessoas o exercício dos direitos políticos. Mas essa mesma lei também estabelece que o voto é livre, direto e secreto – ou seja, cada cidadão tem o direito de, por si mesmo, votar consciente e voluntariamente no candidato que desejar. Não devemos votar nos candidatos apresentados por quem quer que seja, mas sim naqueles que melhor se amoldam ao nosso modo de pensar.

 É importante entendermos o significado de “instituição humana”. Esse termo não se refere apenas à figura de autoridade humana, como um juiz ou governador, mas a tudo aquilo que o homem cria com o objetivo de estabelecer a ordem dentro da sociedade. Aqui se incluem as leis, que são na verdade a autoridade natural mais elevada dentro de um estado democrático – no Brasil, a Constituição da República. São as leis que conferem autoridade aos cargos públicos; por isso, devemos entender que Deus nos chama para nos submetermos às leis brasileiras. Pedro afirma: “Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor”.

O cristão deve entender que a sua obediência às instituições humanas deve ser conseqüência do seu conhecimento do Senhor. O cristão que conhece o Senhor sabe que Deus é quem dirige toda a história; o mundo dos homens não é dirigido pelo acaso, por demônios ou pelo próprio homem. Ele sabe que o seu Senhor é Todo-Poderoso e por isso é Ele quem, de alguma maneira e segundo os seus propósitos eternos e providenciais, faz serem elaboradas as leis. Quanto às leis injustas e anticristãs, mesmo sendo uma reivindicação totalmente legítima e relevante, o cristão não deve reclamar, murmurar ou criticar as autoridades. Antes, deve colocar os seus olhos em Deus e descansar nEle, tendo a certeza que Deus não perdeu o controle da situação e que Ele certamente tem um propósito naquilo tudo. O Senhor é bondoso e não deseja o mal ao ser humano; assim, todas as suas atitudes são boas. Mesmo as instituições aparentemente más aos olhos do homem certamente vão, em algum tempo, expressar a bondade de Deus.

Essa realidade não é facilmente entendida pelas pessoas, mas temos como exemplo a história de José, filho de Jacó, que foi vendido como escravo ao Egito pelos próprios irmãos. Deus estava dirigindo a história, e José reconheceu isso quando afirmou: “Deus me enviou adiante de vós, para conservar a vossa sucessão na terra e para vos preservar a vida por um grande livramento. Assim, não fostes vós que me enviastes para cá, e sim Deus” (Gn 45.7,8). Ainda que os padrões de bondade de Deus não sejam semelhantes aos do ser humano, o cristão que conhece ao Senhor pode descansar, reconhecendo que no final de tudo a bondade do Senhor vai se manifestar com clareza. Por isso, o cristão pode se sujeitar a toda instituição humana, porque ele sabe que acima dela está o Senhor e Ele é bom.

Pr. Aroaldo de Oliveira

domingo, 10 de julho de 2022

HERESIAS



QUANDO AS TRADUÇÕES HUMANAS, OCULTAM AS REVELAÇÕES DIVINAS.

Heresia: Doutrina contrária ao que foi definido em matéria de fé - Contrassenso; absurdo

Heresia é fruto de um mestre altivo sem vínculo com o Espírito Santo

Até onde vai a pretensão humana em improvisar interpretações de sua própria mentalidade, como se dominasse plenamente os assuntos espirituais?

É lamentável que exista homens que não tendo discernimento de si mesmo em suas reações tão complexas da vida, queiram se posicionar como quem esteja em condições elevadas, para traduzir os mistérios de Deus.

Exatamente por razão da altivez humana, a heresia tem sido um distúrbio de conceitos que se entranha no meio da sociedade religiosa, proporcionando entre os que se dedicam aos estudos teológicos, as controvérsias nas escritas e nas oratórias. As polêmicas vão gerando divisões denominacionais e até criações de novas seitas, trazendo graves prejuízos a humanidade que se perde debaixo das ideologias pragmáticas, sem o efeito da verdade que liberta, mas com os errôneos ensinos que escravizam. Por esta razão, muitas pessoas se dizendo dedicadas em suas práticas religiosas, permanecem sem mudanças de comportamentos, no que tange aos maus hábitos, não abandonam certos vícios, oram, rezam e cantam, sem melhoras de suas doenças psicológicas, traumáticas e de sérios problemas de opressões espirituais.

A Bíblia diz que, a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens. (Tito 2:11)

O apóstolo Paulo escreveu a Tito seu filho na fé, uma verdade plena e inquestionável sobre tal salvação, sob o efeito da graça de Deus manifestada a todos os homens. Enquanto isto, há quem pregue outro evangelho, dizendo que a salvação não é para todos. Inclusive dizendo que uns nasceram para perdição e outros para salvação.

Como aceitar que uma pessoa dedicada no evangelho, sofra uma recaída e se afasta do caminho e por uma fatalidade, venha a morrer. Devemos aceitar a teoria de que a tal pessoa era filho ou filha da perdição? Não seria melhor vê-la como vítima de um descuido e até de uma melhor atenção dos irmãos, da denominação que ela pertencia?

Outro absurdo é dizer que, o homem que é para ser salvo, mesmo que esteja com a vida totalmente violada, na carne, no pecado, nos vícios e na mais profunda lama, se ele for filho da salvação, na última hora, por um fiasco, será buscado pelo arrependimento, à salvação. Neste caso, o que significa a palavra de Cristo quando diz que é necessário nascer de novo? Está escrito: Na verdade, na verdade te digo que, aquele que não nascer de novo não pode ver o reino de Deus. (João 3:3) João 3:5-8.

Paulo ainda deixou esse entendimento muito claro a Tito, no tocante a nascer de novo, ser lavado, regenerado e renovado pelo Espírito Santo. Está escrito:  Quando apareceu a benignidade e o amor de Deus, nosso Salvador para com os homens, não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, que abundantemente ele derramou sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador, para que sendo justificados pela graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna. (Tito 3:4-7)

Existe um assunto bastante polêmico e um pouco desconfortável na interpretação apelativa em algumas denominações, que é a doutrina da predestinação. Apoiados na oração sacerdotal quando Jesus disse: Estando com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse. (João 17:12) Tal pronúncia deu margem a acreditar que filhos da perdição, são pessoas predestinadas a condenação.

Na sua opinião, Jesus se refere a profecia das Escrituras ou está dando margem a entender que os filhos da perdição existem?

As Escrituras além de contar as histórias dos feitos de Deus entre os homens, dão as profecias dos acontecimentos futuros.  Leia no Salmo 41:9 diz: Até o meu amigo íntimo em que eu confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o calcanhar.

Tipos de batismos, lava pés, uso do véu, modos diferentes da santa ceia, visão do arrebatamento, período milenar, juízo final, são assuntos geradores de polêmicas. É possível conhecer todos os seguimentos na íntegra sem gerar heresias?

quarta-feira, 29 de junho de 2022

O milagre da vida






O que é um corpo sem alma, comparado a um corpo sem banho? Parece não fazer sentido algum essa indagação, mas vamos observar o que dificilmente pessoas incrédulas se esforçam à percepção desse magnífico milagre da vida.

Um corpo sem banho, digamos que alguém fique pelo menos quatro dias sem tomar banho... pode ter certeza de que o mal cheiro, será bem triste. Possivelmente você vai exclamar: "Nossa, que inhaca, que catinga, que fedor ou cruz credo!" Sem dúvida alguma, dependendo do individuo, se não for de transpirar muito e se as suas roupas não absorveu alguma umidade e muita poeira de rua, mesmo com quatro dias sem banho, ele terá um cheiro suportável, mesmo que não muito agradável, mas contudo, suportável. Agora preste atenção no milagre da vida: Respondendo sobre o corpo sem alma, é importante que essa percepção seja bem evidente por você e por todos que questionam a respeito desse glorioso fenômeno que se chama VIDA, pois a resposta está diante dos nossos olhos. O que é um corpo sem alma? Por ter morrido, o falecido que andava tão perfumado no seu dia a dia, morreu ontem e hoje, qual é o aroma?

Qual é a fragrância? Será que o corpo ainda exala a essência da Boticário, Natura, Avon, Jequiti ou qualquer outro aprazível perfume, ficou impregnado nos poros? Quanto tempo vai durar o perfume? Será que dois, três, quatro dias?

Pois é... você sabe que no dia seguinte o corpo entra no estado de putrefação...  sim, isso mesmo, decomposição e é exatamente isso que acontece, a alma não está mais mantendo as funções orgânicas em funcionamento e por isso tudo começa e apodrecer.

A razão pela qual o corpo começa se tornar insuportável:  O corpo fede, devido às atividades das bactérias do intestino que digerem as proteínas e excretam gases com um forte odor. Os gases se acumulam na cavidade abdominal produzindo um aspecto esverdeado e inchaço do corpo em degeneração.

É assim que identificamos o milagre da vida, medindo a diferença entre o cheiro da morte, ou seja, de um corpo sem alma e outro corpo, apenas sem o devido banho.

As vezes contamos com algo sobrenatural, manifestações que fujam a lógica e todas as regras matemáticas, biológicas e físicas. Sempre esperamos por um milagre, na economia, na saúde do corpo, num resultado de provas finais e nos livramentos dos perigos no dia a dia.

Embora vivamos na expectativa de milagres contínuos, nem nos damos conta de que tais fenômenos estão acontecendo em todo tempo em nosso trajeto. O que falta em nós é a percepção de tantas manifestações que ocorrem diariamente, pois basta abrir os olhos da gratidão e perceber a estrada difícil que já caminhou e lembrar das lágrimas que caíram no percurso, das dores que foram superadas e até das gotas de sangue dos ferimentos, palavras ferinas que abatem a alma e tantos momentos de agonia que estão longe de reprises. Pois é... MILAGRES sempre nos acompanha; falta-nos sorrir pra vida e acreditar no amanhã e viver abraçadinhos com as promessas bíblicas de proteção e Suas providências. Enfim, o milagre da vida é a própria vida continuar inabalável em sua trajetória, ainda que venha se cansar, é respirar AGRADECER os passos avançados, desejar ir até ao fim, receber o RENOVO e perseverar.
Medite: Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação,
perseverai na oração; (Romanos 12:12) e sorria pra vida e viva em todo tempo desfrutando desse grande milagre!
Estando vivo, exale sempre o bom perfume do conhecimento e que seja identificado em você o precioso cheiro da vida de Deus. Está escrito:

Graças, porém, a Deus, que, em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento.

Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo, tanto nos que são salvos como nos que se perdem.

Para com estes, cheiro de morte para morte; para com aqueles, aroma de vida para vida. Quem, porém, é suficiente para estas coisas?

Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus. (2 Coríntios 2:14-17)

Shalom!!

Pr. Aroaldo de Oliveira

terça-feira, 28 de junho de 2022

Abreviação dos Tempos

 



Abreviação dos tempos

Ninguém se engane pois os tempos de fato, são findos. Está escrito em Mateus 24: 22

E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.

Confirma a mesma palavra em Marcos 13:20

E, se o Senhor não abreviasse aqueles dias, nenhuma carne se salvaria; mas, por causa dos eleitos que escolheu, abreviou aqueles dias. 

Então você vai vasculhando a história e vai perceber uma narrativa muito clara pelo profeta Amós que diz:

Mas os cânticos do templo naquele dia serão gemidos, diz o Senhor DEUS; multiplicar-se-ão os cadáveres; em todos os lugares serão lançados fora em silêncio..(Amós 8:3) O profeta está se referindo ao grande genocídio que se deu em Israel pela Alemanha nazista, quando assassinou 6 milhões de judeus na caladina, pois quando o mundo foi saber a respeito, mais da metade do judeus haviam sido mortos.

Inclusive aquele quadro dos famintos nos campos de concentração, fora visto pelo profeta Isaías, registrado em Isaías 17: 4

E naquele dia será diminuída a glória de Jacó, e a gordura da sua carne ficará emagrecida.

Sem contar as mulheres grávidas, cujos filhos eram arrancados do ventre e os filhos em formação eram mortos.

Jesus alertou para isso: escrito em Marcos 13:17

Mas ai das grávidas, e das que criarem naqueles dias!

E sobre hoje, depois de quase um século pós guerra?  Os dias continuam sendo abreviados pois muitos ainda estão sendo maltratados, escravizados, torturados e sendo devorados por práticas canibalísticas por uma sociedade maligna que vive no submundo em lugares escuros e debaixo da terra. Alguém vai dizer: Ah isso é teoria da conspiração, eu respondo: então a Bíblia já vem com essa teoria de conspiração desde quando o mundo é mundo... Só que não, pois tudo que está escrito, se cumpriu e ainda está se cumprindo a cada dia, a cada semana, a cada mês, a cada ano e a cada século. Infelizmente a massa está preocupada com os resultados transitórios e não com as respostas sobre os acontecimentos que se seguem ao redor do mundo e dos cumprimentos proféticos. É mais fácil torcer para um time de futebol, do que pela sobrevivência de uma nação sendo escravizada, sufocada e subtraída dia a dia. Não se enganem, essa prática nunca deixou de existir. Não sou contra entretenimentos, mas os entretenimentos são contra a humanidade, desde os tempos romanos, onde as pessoas serviam de espetáculos como alimentos de leões e os gladiadores entravam em arenas, não para diversão do povo, mas para lutarem pela sobrevivência.  É bem verdade que o  Futebol, jogos olímpicos não possuem prática de violências, mas te distraem enquanto os malignos nos destroem. Nunca se fez tão necessário em que a igreja de Cristo dê um revira volta nisso tudo.  Não me refiro a templos mas aos homens e mulheres de valores que aprenderam que o nosso lugar é no reino de Deus, sob o Seu poder e Sua graça através da oração e vigilância. As portas do inferno não prevalecerão contra a igreja viva do qual você faz parte. Ela não tem rótulo, não tem heresias, não tem religiosidade e nem alienação. Ela não dorme e nem deixa pra depois o que ela entende por necessidade, ou seja ela é a noiva acordada, com a lâmpada e o azeite. Não está desavisada, mas alerta esperando  o noivo, como diz em Mateus capítulo 25.

A destruição está diante de todo o mundo, bem visível. Por isso como luzeiros do mundo do qual somos chamados, resplandeçamos a glória de Cristo, para que o mundo tenha a visibilidade de Deus através de nossas ações.  Sejamos despertados já com a consciência de peregrinos, não há mais tempo a perder. Temos uma missão e a eternidade, já está garantida.

O diabo não quer mais esconder a sua cara, só não vê quem gosta de ilusões. Construa coisas, mas não perca o reino de vista, admire coisas, mas não perca o reino de vista, divirta-se, mas não perca o reino de vista, conte piadas, mas não perca o reino de vista, torça pelo seu time, mas não perca o triunfo da cruz. Preguem o evangelho do reino e apressando a volta de Cristo. 

Os assuntos que tenho compartilhado com vocês, dos quais faço questão de dizer que são mensagens apocalípticas, muito embora não tenho feito ainda alguma leitura do apocalipse, mas chegaremos lá, tenho denominado apocalípticos por serem assuntos atuais e de cumprimentos bíblicos, porque o significado da palavra apocalipse é revelação. Está relacionada a tudo que vem acontecendo na história mundial depois de Cristo, mas especificamente, o livro do apocalipse é um conteúdo de escatologia, ou seja é um livro pra ser estudado e discernido a luz de cada acontecimento a nível mundial. Mas temos um detalhe bem embaraçoso, que se trata as informações das mídias que desviam as verdades do fatos, do que realmente esteja acontecendo na sociedade, de modo que você tenha a tradução legítima a respeito dos detalhes nessas profecias e visões do apóstolo João. Por isso requer que não estejamos sendo teleguiados pelas notícias, mas sim, aumentar a nossa conexão com o Espírito Santo, para que tenhamos discernimento, tanto bíblico, como revelação espiritual do que realmente esteja acontecendo no mundo, o que já aconteceu e o que falta acontecer. 

De uma coisa estejamos certos, está escrito: E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém. Romanos 16:20. Esse dia de fato vai chegar, porque o poder de Cristo está sobre cada um de nós que confessamos a Sua palavra. Aproveitando para dizer a você, que é por isso que precisamos nos revestir de coragem e sempre vencer o medo.

Antes de eu começar a trazer as leituras do livro do apocalipse, estarei passo a passo, trazendo algumas narrativas para que você entenda algumas coisas, tanto do antigo testamento, como algumas passagens dos evangelhos,  das cartas de Paulo e cartas universais, assim ficará mais fácil de interpretar o real sentido do livro da revelação, ok?

Se você percebeu, estamos em tempos bem tumultuados sobre essa divisão que se acomete na humanidade, divisões políticas, divisões de ideias, tumulto e provocações de conflitos com temas de racismo, brigas insanas pelo poder, a desvalorização da vida por interesses levianos, um projeto bem maligno com ideologias de gênero, liberação do aborto, desvalorização da família, liberação de drogas e assim vai... uma decadência total. Vamos chamar isso de tempos tenebrosos como disse o profeta Joel, pois está escrito: Tocai a trombeta em Sião, e clamai em alta voz no meu santo monte; tremam todos os moradores da terra, porque o dia do SENHOR vem, já está perto;

Dia de trevas e de escuridão; dia de nuvens e densas trevas, como a alva espalhada sobre os montes; povo grande e poderoso, qual nunca houve desde o tempo antigo, nem depois dele haverá pelos anos adiante, de geração em geração.  Joel 2:1-2 . Joel está falando sobre os dias tenebrosos e que é o tempo do juízo e que a responsabilidade nossa é tocar a trombeta e clamar a pelo Seu Juízo, para que tremam todos os moradores da Terra. Joel também descreve que como a alva espalhada sobre os montes, povo grande e poderoso qual nunca se houve desde o tempo antigo. Ou seja, talvez não tenha ideia de quantas pessoas estão sendo mortas no oriente e já foram mortas no continente africano durante esse período entre o século 20 e 21, a alva da qual se refere o profeta. Pra quem não sabe, trata-se de túnica branca que os condenados à morte vestiam quando levados para o extermínio... Só que essa grande visão nos montes, revela um povo clamando, são milhares de cristãos prontos a serem destruídos. E isso confirma a visão de João que viu o povo com as vestes salpicadas de sangue entrando para a glória eternal. Mas tem um detalhe importante que quero que você preste atenção: Ainda no mesmo capítulo 2: 3 de Joel, ele diz: Diante dele um fogo consome, e atrás dele uma chama abrasa; a terra diante dele é como o jardim do Éden, mas atrás dele um desolado deserto; sim, nada lhe escapará. Joel 2:3  - Destacando a expressão a terra diante dele é como o Jardim do Éden, mas atrás dele um desolado deserto, é importante que você entenda o que disse Cristo ao se identificar como a porta para este Jardim, o quanto é imprescindível que você não seja ludibriado pelas trevas, está escrito: Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. João 10:9. É por isso que também ele disse em João 14: 6: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Ele é a porta, diante dele está o jardim do Éden é o nosso caminho de volta. Mas calma, não estou dizendo que deves aceitar a morte, mas se ela vier, o jardim já está garantido.

Quero revelar a vocês o que na verdade, já foi revelado pelo profeta, mas é muito necessário a interpretação  mais lúcida sobre esse tempo. Veja ainda no mesmo capítulo de Joel 2 a partir do versículo 10 até ao 18: Diante dele tremerá a terra, abalar-se-ão os céus; o sol e a lua se enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor.

E o Senhor levantará a sua voz diante do seu exército; porque muitíssimo grande é o seu arraial; porque poderoso é, executando a sua palavra; porque o dia do Senhor é grande e mui terrível, e quem o poderá suportar?

Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto.

E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.

Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de alimentos e libação para o Senhor vosso Deus?

Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembleia solene.

Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai as crianças, e os que mamam; saia o noivo da sua recamara, e a noiva do seu aposento.

Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?

Então o Senhor se mostrou zeloso da sua terra, e compadeceu-se do seu povo. Joel 2:10-18

A manifestação de Deus para socorrer o seu povo tanto para conduzi-lo ao Jardim do Éden, como a livrá-lo da mão do homem maligno, que só se articula para destruir a humanidade. Vem por esses dias. Ninguém se engane, pois muitos já morreram e os cristãos dessa geração, estão com os dias contados de acordo com a agenda dos globalistas que são completamente manipulados pelo sistema que arquiteta estabelecer a Nova Ordem Mundial, através do maior regime genocida que o mundo já conheceu, que é o comunismo, porém o comunismo é apenas um dos tentáculos dessa grande besta que deseja dominar as nações.

Pr. Aroaldo de Oliveira

Posso ser feliz de fato, renovando a esperança sem mudanças de atitudes?



Felizes os que guardam o juízo, o que pratica justiça em todos os tempos. Salmos 106:3

A felicidade teórica existe, apoiada em sonhos, alimentada por esperanças e motivada por otimismo sobre um resultado positivo, enfim, felicidade dependente de trilhas favoráveis, como se fosse um combo de satisfação do ego, por exemplo: resultados de provas com boas notas; desafios de lutas quando se nocauteia o adversário; promoção na empresa, na ocupação de cargos; aumento salarial; compras realizadas, de uma roupa cara, um carro ou uma casa e, assim por diante... A felicidade para maioria, nada mais é do que, uma coleção de resultados que satisfazem momentaneamente. Infelizmente, essa tem sido a interpretação de muitos que sonham e investem a vida em busca de prazerosos momentos. Triste, mas parece que ninguém se dá conta de que todo o percurso da vida, está na  contagem regressiva de um tempo que está chegando ao fim...

Há um alerta bíblico que diz: Eis que presto venho: Feliz aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. Apoc. 22:7

A palavra Feliz é mencionada bilhões de vezes ao redor do mundo em cada fim de ano; em cada aniversário, formatura, promoção no trabalho, em festas comemorativas e para o início de cada ano, são sempre festejados com abraços, beijos, queimas de fogos e brados de Felicidade! Que bom seria se o desenrolar de cada ano, depois de tanta festa, comemoração e expressão de desejo de felicidade, tivéssemos como resultado, cada dia feliz e fato, no ano todo e em todos os lugares para todas essas pessoas, mas a realidade é outra, pois ao assistirmos os vídeos das retrospectivas em cada fim de ano, percebemos a rotina de acontecimentos que não dependem dos brados comemorativos e de desejos de felicidades, pois o essencial que precisa acontecer, além desse trajeto de expectativas chamasse: MUDANÇA DE COMPORTAMENTOS, atitudes novas, mudança de hábitos, conversões genuínas.

Para que tenhamos um novo tempo e uma nação de fato abençoada, precisamos trocar essa felicidade teórica de expectativas de coisas momentâneas, pela satisfação de um real encontro com Deus para realizações eternas.

Não será invalidando os princípios de Deus que uma nação e as famílias da terra encontrará a felicidade, pois está escrito: Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança. Salmos 33:12.

Não será buscando novas invenções de moda que se encontrará o verdadeiro sorriso e satisfação da vida. Está escrito: ... Deus fez ao homem reto, porém eles buscaram muitas invenções. Eclesiastes 7:29

Que possamos viver em harmonia com os céus, longe dessa rotina dos maus costumes, da corrupção que avassala o mundo, vamos prosseguir em frente com o real testemunho cristão, caminhar nessa terra como peregrinos, esperando o dia do Senhor, mantendo a verdadeira felicidade que é o prazer da eternidade a nós garantida por Sua Palavra e testificada pelo Seu Espírito.

Felizes aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. Apocalipse 22:14

Pr. Aroaldo de Oliveira

O perigo da conivência


 

domingo, 26 de junho de 2022

O QUE É PECADO E COMO VENCÊ-LO

 


O QUE É PECADO?

De acordo com um dicionário, diz que, pecado é a violação de um preceito religioso. Na verdade, pecado trata-se de transgressão ou erro danoso e prejudicial à alma, independente de religião ou regras.

Até porque, antes de as primeiras leis serem estabelecidas, José do antigo Egito tinha a consciência da verdade do que era o ato de pecaminosidade, pois demonstrou isso há quatro séculos,  antes de Moisés apresentar as tábuas dos dez mandamentos ao povo de Israel.

Observe que José tinha  noção consciente e firme do seu dever e responsabilidade moral e respeitosa perante Deus, ao dizer: Não pecarei contra o Senhor meu Deus, lembrando que as LEIS de Deus vieram  quatrocentos anos depois, através de Moisés para organizar e estruturar Israel. Êxodo 20: 17 "...não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo."

2- Pecado, arrependimento, consequência e perdão de Deus sob o erro cometido, como tudo isso ocorre no mundo espiritual?

Deus como ser Eterno e onisciente, tem a ciência plena do certo e do errado, pois Ele tem a apuração muito além de uma concepção ou uma improvisada regra e avaliação, tanto   das circunstâncias, como das reações humanas. Nem é  preciso um tribunal para o veredicto de Seu juízo, pois a justiça com equidade é uma virtude peculiar de Deus. Certamente que, quem tem o Espírito Santo e se sustenta na Palavra que regenera, que ao mesmo tempo é a verdade que liberta, não há dúvida que identificará o pecado, perceberá seus erros, se arrependerá, confessará sua culpa e alcançará o perdão pelo sincero arrependimento.

Mas isso só ocorre mediante a uma sintonia espiritual, ou seja, quando vivemos em conexão com Deus.

Como bons cristãos  é importante sobretudo, sabermos três coisas essenciais no tocante ao arrependimento: Só o arrependimento pode alcançar o perdão  dos nossos pecados. Leia, Marcos 1:4,  Atos 3:19, Atos 5:3, Lucas 13:3, Lucas 24:47

O arrependimento promove alegria nos céus: Lucas 15:7, 10. Basta o arrependimento de um pecador, para uma grande alegria entre os anjos dos céus.

O arrependimento é o passo crucial para nossa entrada no Reino de Deus.

O ladrão na cruz ao lado de Jesus , disse: Senhor lembra-te de mim, quando entrares no teu reino (Lucas 23:42). A sorte do ladrão  arrependido foi suplicar a Jesus, quando Ele estava exatamente sendo crucificado pelos pecadores do mundo. O Ladrão foi o primeiro da fila, a provar da eficácia da crucificação do Cordeiro imaculado. Bastou o arrependimento. Sem contar que, essa era a mensagem principal nas pregações de Jesus. Leia Mateus 4:17 - Desde então começou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.

Enfim, são esses os três principais motivos do arrependimento:

1° Alcançar Perdão; 

2° Alegrar o céu;

 3° Adentrar no reino

3- Pecado tem tamanho? Diante de uma suposição em que todos são cristãos,  e Pedro agrediu seu amigo com palavras torpes e preconceituosa nas redes sociais, Já Rafael solicitou auxilio financeiro do governo, sem atender os requisitos  do programa social e Joana não se declara cristã aos seus amigos  de faculdade. Nesses casos como compreender a resposta da pergunta inicial?

Temos três situações: Agressão verbal de Pedro;

Busca de vantagem ilícita, sem aprovação legal, de Rafael

A timidez e negligência de Joana

Praticamente os três apresentados possuem o mesmo peso, pois Pedro dirá: Fulano me tirou do sério... Rafael se justificará: Tenho que aproveitar a oportunidade de ganhar um pouco mais... e Joana poderá dizer: Mas, eles irão se afastar de mim e poderão achar que sou uma religiosa fanática, ou farão Bullying, dizendo que vou a igreja pra ficar levando dinheiro pro pastor. Obviamente, cada personagem irá buscar justificativas para aliviar suas culpas. Mas a gravidade de cada pecado, estará no posicionamento de cada um em relação aos seus atos errôneos, pois quanto mais relutarem contra a consciência e buscarem camuflar a culpa, o peso do pecado vai aumentando, até se acostumarem com ações mais levianas e rejeitadas pelo Espírito da Justiça. Pedro irá agredir, além de xingar; Rafael praticará roubos; e Joana irá negar a fé declaradamente.

Vamos entender uma coisa importante: Dentre os seres humanos, Eva cometeu o primeiro pecado, compartilhou com Adão, posteriormente, Caim agiu com o resultado maior do pecado que inicialmente, não parecia tão grave, mas por razão de Adão e Eva não demonstrarem arrependimento, o resultado foi a fatalidade da morte de Abel. Concluímos que, o tamanho e peso do pecado é medido pela falta de arrependimento e pelo desesperado drible na culpa.

4- Como saber se durante a caminhada cristã estou levando uma vida em que o pecado é um acidente ou como regra? Como observar minhas atitudes  e não ser omisso na busca de uma vida em santidade?

Está escrito: Escondi Senhor a Tua Palavra no meu coração para não pecar contra ti. (Salmos 119:11)

Jesus também disse: A carne para nada aproveita, o Espírito é o que vivifica, e as palavras que vos disse são, Espírito e vida. (João 6: 63).

Da mesma forma que Jesus disse tais palavras, ele também intercedeu por nós dizendo: Santifica-os na verdade, a Tua Palavra é a verdade. (João 17:17). O efeito disso, chama-se, elucidação no caminho para o reino, onde a tendência é regeneração e a transformação paulatina de um indivíduo que opta pelos preceitos de Deus, desejando ser guiado pela luz do conhecimento de Deus. Como quem declara: Lâmpada para meus pés é a Tua Palavra, luz para o meu caminho. (Salmos 119:105). Todavia, partindo deste princípio, se cumpre a plena satisfação interior e exterior  como diz em Provérbios 4:18, A vereda do justo é como a luz da aurora, vai brilhando mais e mais, até ser dia perfeito.

Como frágeis que somos, sempre haverá um acidente de percurso, por nossa fragilidade e limitações humanas, poderemos ter reações até mesmo impensadas, dependerá do grau de conversão e maturidade cristã. Tudo o que precisamos além de uma credencial cristã, é a convicção do reino, a testificação do amor incomensurável e incondicional de Deus por nós e a definição de nossa decisão por Cristo em caráter irrevogável, sendo assim, a ação regeneradora pela Palavra em nós é irrefreável e irreversível. Aleluia!

5-  O  pecado relatado na biblia ocorrido na vida de alguns personagens bíblicos, como Davi, Sansão,  Ananias e Safira , trazem que reflexão e ensinamento para nossa vida cotidiana?

Aprendemos sobretudo que, onde abundou o pecado, superabundou a graça. (Romanos 5:20) Não existe super crente, crente kids, a Liga da justiça divina, homem de ferro, homem de aço, mulher Maravilha de fogo... No trajeto dos grandes homens da história, eles precisaram reconhecer que eram frágeis e dependentes de Deus para terem êxito e destaque na vida. Não passamos de homens moscas ou camundongos por causa do pecado, mas quando reconhecemos a imagem e semelhança de Deus em nós, através da glória do evangelho de Cristo, então somos agraciados no rol dos homens de fé, sob a graça do perdão de Deus.

É importante entendermos que, tanto Davi, como Sansão, ambos tinham uma tarefa semelhante de vencer os filisteus, mas são frágeis e apaixonados pecadores, tiveram que segurar uma barra pesada, por se deixarem antes, serem atraídos pelas barras de saias das mulheres que surgiram em seus caminhos, porém o arrependimento lhes permitiram êxito.

Os personagens que aparecem rapidamente no novo testamento, Ananias e Safira, que morreram tão repentinamente em Suas escolhas erradas, não foi fraqueza da carne, mas se tratou da vaidade da alma. Não podemos dizer que o Espírito Santo os matou, mas podemos admitir que ambos enfartaram pelo peso da culpa. Muitos cometem o erro de associar Deus a um ato homicida nesses episódios da morte  de Ananias e Safira, pois a única coisa que podemos afirmar é que, não há registro de que tenha tido o tempo de oração de reconciliação ou arrependimento diante de Deus, é  possível que, tamanho foi o temor e tremor pela repreensão de Pedro, que tenham sofrido um ataque cardíaco fulminante.

6- Todo pecado tem perdão?

Mediante ao arrependimento, todos que confessarem seus flagelos perante ao Pai, com base de que, pelo sangue do Cordeiro temos a graça do Seu perdão, sem dúvida receberão a remissão dos seus pecados. Porém, só  não existe perdão para quem blasfema contra o Espírito Santo.

Está escrito: Qualquer, porém, que blasfema contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão,  mas será réu do eterno juízo. (Marcos 3:29)

CONSTRUINDO PONTES



“O maior investimento de Deus, além de salvar o homem da perdição, é levá-lo ao conceito da amizade e fraternidade. ”

 Dois irmãos que moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um riacho, entraram em conflito. A primeira grande desavença em toda uma vida trabalhando unidos, e cuidando um do outro. Durante anos eles percorreram uma estrada, que seguia ao longo do rio para, ao final de cada dia, poderem atravessa-lo e desfrutar um da companhia do outro.

caminhavam com prazer mesmo cansados, pois se amavam. Mas agora tudo havia mudado. Devido um pequeno mal entendido que finalmente explodiu numa troca de palavras ríspidas, seguidas por semanas de total silêncio.

Numa manhã, o irmão mais velho ouviu baterem na sua porta. Ao abri-la notou um homem com uma caixa de ferramentas de carpinteiro na mão. "Estou procurando trabalho - disse ele. Talvez você tenha um pequeno serviço que eu possa executar."

- Sim, tenho um trabalho para você. Veja aquela fazenda além do riacho. É do meu irmão. Nós brigamos e não o suporto. Pegue aquelas madeiras no celeiro e construa uma cerca bem alta para que eu não precise mais vê-lo.

- Certamente farei um trabalho que lhe deixará satisfeito - disse o carpinteiro.

Mostrou o carpinteiro o material e partiu para cidade.

O carpinteiro trabalhou durante todo aquele dia.

Ao anoitecer terminou sua obra. O fazendeiro ao chegar da viagem levou um susto, não havia cerca alguma. Em vez da cerca, havia uma ponte que ligava as duas margens do riacho.

Muito enfurecido o fazendeiro falou: " Seu atrevido construiu essa ponte após tudo que lhe contei?! No entanto, as surpresas não haviam terminado. Ao olhar novamente para a ponte, viu seu irmão aproximando-se da outra margem, correndo ao seu encontro.

Atônito, permaneceu imóvel, mas, de repente, num só impulso, correu na direção do outro e abraçaram-se chorando no meio da ponte.

O carpinteiro estava partindo quando o irmão que o contratou pediu-lhe emocionado:

- Espere! fique conosco mais alguns dias. E o homem respondeu:

- Eu adoraria ficar, mas, tenho muitas outras pontes para construir.

 Amizade sem barreira

E você, é capaz de construir sua própria ponte para se aproximar daqueles com os quais rompeu contato?

Há uma razão muito especial para que as pessoas façam parte do seu círculo de relação. Por isso, não busque isolar-se construindo cercas que impossibilitam a harmonia com as pessoas.

Construa pontes e busque caminhar na direção daqueles que, porventura, estejam distanciados de você. E se a ponte da relação está um pouco frágil, ou balançando por causa dos ventos da discórdia, fortaleça-a com os laços do entendimento e da verdadeira amizade. Agindo assim, você suprirá suas carências afetivas e encontrará a paz íntima que tanto deseja.

Como um bom cristão, não se esqueça da oração de Jesus em relação a união da humanidade: Para que todos sejam um; assim como tu, ó Pai, és em mim, e eu em ti, que também eles sejam um em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. João 17:21

Pr. Aroaldo de Oliveira

Fofoca ou preocupação?


 
“Quem vive falando o mal da vida alheia, faz fofocas ou se preocupa?”

Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes. (I Cor. 15:33)

Segundo o dicionário da língua portuguesa, FOFOCA significa: Dito maldoso; mexerico, disse me disse; afirmação não baseada em fatos concretos; especulação ou aquilo que é comentado em segredo sobre outrem.

Fofocas geralmente surgem de Pessoas mexeriqueiras sem afeto e sem respeito algum ao semelhante. Também conhecido como ti ti ti, a fofoca prolifera em meios pequenos, como, ambiente de trabalho, numa escola, pequenas cidades, mas que, o pior lugar para acontecer fofocas, é entre o povo da igreja, contrariando o lugar onde se busca paz, conforto espiritual e mudança de vida. 

Um dos objetivos daqueles que se fazem fofoqueiros, é difamar outras pessoas para se sentirem superiores e importantes. Sempre um fofoqueiro gosta de achar que é uma fonte importante de conhecimento, falando muitas vezes das falhas e momentos vergonhosos de outras pessoas, sem a autorização das mesmas em questão. O fato é que, mesmo quando uma pessoa não tem intenção de prejudicar outra, mas fala dela sem o seu consentimento, não deixará de ser fofoca, ainda que diga está preocupada com fulano, beltrano ou sicrano. 

Entre solicitar um pedido de oração, por uma situação difícil de uma pessoa e simplesmente propagar tal dificuldade, que não diz respeito as pessoas, há uma grande diferença. Por exemplo: Quando por consentimento de quem esteja em situação difícil, passando por uma necessidade desconfortável ou vexatória, deseja expor seus problemas em busca de uma intervenção divina, é bem diferente daquela que desabafou em segredo e apenas solicita por ajuda e orações.  

As vezes, involuntariamente alguns pastores cometem  gravíssimos erros, quando comentam no altar, assuntos de gabinete. Não precisa nem citar o nome de quem o procurou, basta mencionar o problema específico e pelo menos, meio dúzia de pessoas do convívio da tal pessoa que havia procurado o pastor, saberá de quem se trata. Certamente que o fofoqueiro vai perguntar a alguém:  De quem será que o pastor está falando? E se uma dessas pessoas tiver o dom de fofocar – DEUS ME LIVRE! Com certeza, vai denunciar a próxima vítima de seu fuxico. Sem contar que, o próprio indivíduo, alvo do comentário já está bastante desconsertado por qualquer comentário do seu problema, mesmo que no momento não tenha sido identificado.

Para muitas pessoas existe a noção que as mulheres são mais fofoqueiras que os homens, o que não é verdade. A fofoca é uma característica do ser humano, tanto homens como mulheres.

Infelizmente, aderimos essa maldição desde a queda de Adão, onde adquirimos a maldição da iniquidade ao comer do fruto que contaminou a natureza humana. 

É importante saber que a fofoca existe antes da criação da humanidade, pois antes de Lúcifer ter sido expulso do Reino de Deus, ele havia influenciado terça parte dos anjos, dos quais foram excluídos com ele. Está escrito:  E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra... (Apocalípse 12:4). Sem dúvida alguma, Deus não cometeria nenhuma arbitrariedade de expulsar os anjos que já não tivessem sido contaminados pela influência da difamação do Querubim que queria ser acima de Deus. Enfim, a inspiração da fofoca, tem a intenção ruim de desprezar e desfazer os valores que as pessoas possuem. Não esqueçamos que, todos possuímos boas virtudes e defeitos; erros e acertos; coisas boas e ruins, mas a fofoca deseja dar destaque somente aos agravantes. Chega a ser pior, quando mesmo não havendo defeito algum, inspirada na inveja, vai inventar defeitos com intuitos de destruição. Que Deus nos proteja da fofoca e dos fofoqueiros.

Pr.  Aroaldo de Oliveira

O papel da mulher equilibrada na sociedade moderna

 


Como a mulher deve manter o equilíbrio, diante do desequilibro moral da sociedade moderna?

Quando as escrituras diz: E não sede conformados com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2, estamos sendo orientados a não sermos conformados com as propostas mundanas dos valores invertidos e das mudanças levianas,  das quais, pouco a pouco ganha amplitude, multiplicando a iniquidade e trazendo esfriamento espiritual na vida de muitos. A medida em que o tempo passa, a humanidade vem experimentando uma grande evolução científica e tecnológica, mas parece que, em se tratando de crescimento na graça e no conhecimento de Deus, dos conceitos das coisas espirituais e da ética cristã, estão sendo descaracterizados.

A sociedade mergulha na modernidade com muitas ideias deturpadas, relacionadas a valores e comportamentos adequados para uma vida saudável, sem crise interiores e surtos anti sociais. Infelizmente, por influência da mídia e de muitos indivíduos com a vida sem noção de Deus, distantes da moralidade e dos ensinos bíblicos que só apontam para os alicerces da vida, as famílias do presente século, estão quebradiças.

Neste cenário, agora contamos com a capacidade da mulher, pois o papel da mulher é muito mais que ser vista como um vaso frágil, na verdade quando o apóstolo Pedro descreve a mulher como vaso frágil, se referia ao contexto físico e da sensibilidade, mas não da incapacidade ou algo parecido, pelo contrário, ele afirma ser a mulher herdeira da graça da vida e, maltratá-la pode ocasionar até no impedimento de suas orações. Está escrito: Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus coerdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações. 1 Pd 3:7

A verdade é que, muito embora a introdução do pecado tenha sido pela artimanha da astuta serpente que enganou a mulher, vamos raciocinar da seguinte forma: Se o adversário tentou a mulher para sabotar a humanidade, é obvio que sabia do seu potencial e sabe o quanto a mulher pode ser forte contra suas obras e articular contra as suas ações. Simplesmente sendo mulher conforme Deus estabeleceu, ela foi criada para ajudar na construção e manutenção de todos as atividades do mundo. Sua fragilidade apenas física, não a impossibilita de ser forte em sua determinação e dedicação de cumprir o seu papel. Outra verdade sobre a mulher, é a sua capacidade aguçada de explorar o mundo espiritual, a capacidade de prestar atenção nas coisas mais minuciosas  e dividir sua dedicação simultânea, capacidade esta, superior a do homem e de qualquer criatura no planeta. Essa é a razão de o adversário não ter tentado a Adão primeiramente, pois Adão certamente diria: Não tenho tempo a perder contigo, estou ocupado, concentrado e com muitos serviços... Parar pra prestar atenção em você, vai me atrapalhar no que estou fazendo...

Ao contrário do homem, a mulher faz muitas coisas ao mesmo tempo, concentrando-se em outras coisas ainda. Por isso prestou atenção no adversário. É importante a mulher entender que a sua capacidade de ampliar sua visão e percepção, pode também prejudicar, por isso é importante se respaldar e se resguardar na Palavra de Deus para proteção plena de sua mente privilegiada.

Sem dúvida, o homem normal não tem condições de tomar o lugar de uma mulher, pois a sua capacidade é bem limitada no que tange a assumir uma administração de uma casa e ao mesmo tempo, dar o devido cuidado na criação e educação de seus filhos. Lavar, estender as roupas, se ocupar com a cozinha, com o banho das crianças, os deveres de casa, educar e acompanhar na educação escolar, observar a saúde etc... Mulher é ser parte do grande alicerce da família e sociedade.

Enfim, por isso está escrito: Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do Senhor. Provérbios 18:22

Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. Provérbios 31:10

Pr. Aroaldo de Oliveira

Por que muitos dizem ter fé em Deus, mas não conseguem acreditar em milagres?

 


Aquele pois que vos dá o Espírito, e que opera milagres entre vós, acaso o faz pelas obras da lei, ou pelo ouvir com fé? (Gálatas 3:5)

A obra de Deus implantada no mundo, é na verdade um grande movimento apreciável de milagres para resgate, cura, restauração e salvação da humanidade. Mas, a eficácia desse mover que está a nossa disposição, depende da disposição de crer e praticar a Sua Palavra. A fé é extremamente necessária para o mover infalível do Espírito Santo a manifestar a Sua glória sobre a nós.

Está escrito: E (Jesus) não fez ali muitos milagres, por causa da incredulidade deles. (Mateus 13:58)

A incredulidade é a maior fatalidade na vida de qualquer um que, além de não se sentir seguro no percurso da vida, tenta ser religioso ou definitivamente ateu, em todo tempo, entregue ao acaso e a sorte.

Se existe algo que mais o homem deseja, chama-se realização de coisas impossíveis, ir além do que esteja ao seu alcance e ver além do que esteja diante dos seus olhos. A humanidade se curva diante de grandes mistérios, se rende as práticas de estranhos rituais e absorve complexas teorias de poderes desconhecidos e até mesmo, se alimenta das diversas  lendas folclóricas, numa busca incessante pelo sobrenatural. Essa é a nossa realidade, pois em nossa limitação, como prisioneiros de um corpo mortal, não conseguimos facilmente decifrar o mundo invisível e os segredos da vida. Por isso facilmente, muitos são atraídos por promessas e eloquentes discursos persuasivos, que lhes envolvem a acreditar tanto em possíveis  verdades, como em terríveis mentiras, dependendo do mensageiro e de sua técnica de oratória. O fato é que, o ser humano tem profundas carências e anseia por todas as respostas. Na verdade todos nós ansiamos por resultados positivos e favoráveis ao redor de nós.

Um dia o anjo Gabriel ao visitar a agraciada Maria, disse: Porque para Deus nada é impossível. (Lucas 1:37)

Tal declaração de um arcanjo que assiste em todo tempo a grandeza e a majestade do Todo poderoso, por ventura foi um palpite ou se trata de uma verdade incontestável? Sem dúvida, trata-se de um pronunciamento verdadeiro e digno de plena aceitação, pois não foi uma declaração de homem algum, mas de alguém que testemunha a magnitude e a glória eternal. Uma coisa é uma declaração positiva inspirada sob a fé de um apóstolo e um grande líder espiritual, e outra coisa é saber que quem afirmou que nada é impossível para Deus foi um arcanjo. Sem contar que o próprio Jesus disse: As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus. (Lucas 18:27)

Também disse: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso. (Apocalipse 1:8)

Deus disse: Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador. (Isaías 43:11)

Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim? (Jeremias 32:27)

Os milagres são possíveis, são reais e precisamos ter acesso as ações miraculosas de Deus, pois Ele não mente: Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria? (Números 23:19)

Enfim, é necessário se aproximar de Deus? Sim, mas sobretudo, é necessário crer que Ele existe e pode operar milagres sobre a vida de quem o busca.

Está escrito: Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. (Hebreus 11:6)

Pr. Aroaldo de Oliveira

sábado, 25 de junho de 2022

O mundo realmente acelera para o caos?


Você por acaso se deu conta de que este mundo acelera para o caos, em relação a insanidade de ideias e comportamentos?

Estamos hoje indiscutivelmente mergulhados numa tenebrosa cratera gigantesca de pesadas influências, capazes de nos tirar toda a visão do bem e das verdadeiras regras que fazem valer a vida, ou seja, a escuridão toma conta do mundo inteiro e a sociedade abraça novos rumos, novas traduções da vida, como proposta da modernidade. Puro engano, pois estamos sendo ludibriados por pessoas malévolas, com intenções diabólicas para destruição dos reais valores.

Estamos sendo empurrados para um tremendo buraco negro, dominados por um sistema que resiste a luz da verdade e os princípios, no que diz respeito a moral, ética, compromisso social e a uma vida que agrada a Deus.

Estamos trocando a verdade pela mentira, o precioso pelo vil, os reais conceitos pelas ideias complexas como propostas de algo novo; enfim, o definido pelo  indefinido. Estão fazendo a cabeça da humanidade com uma lixeira de vômitos que nossas famílias e nossos ancestrais rejeitavam de modo consciente e saudável. 

Porque antes, pensar que uma criança podia tocar em um homem despido em nome da arte... ARTE?? Que Arte?! Isso era inconcebível, insuportável, repugnante!! 

Porque antes, um cidadão corrupto que roubava qualquer cidadão do bem e também aos pobres, tinha a sentença ligeira e que ser preso imediatamente; porque antes, o dinheiro não subornava um juiz, o dinheiro não dominava facilmente uma autoridade; pelo menos, não com tanta facilidade; porque antes o pudor, o respeito, a censura para proteger a saudável infância dos nossos filhos, tinha grande importância... 

Sim, antes a honestidade, a prudência, a lealdade e a honra, eram como pedras preciosas buscadas e conservadas como complementos da vida, hoje, tais virtudes são rejeitadas como pedras de tropeço, arcaicas, ultrapassadas, inúteis ou desnecessárias.

Lamentavelmente este é o sistema do mundo novo, mas obviamente regido pelo imundo velho... essa é a proposta de uma nova era, que por sua vez, desfaz das boas novas e da novidade de vida, pois enquanto o mundo aceita a deformidade, novas ideias que relutam contra os princípios de Deus no que tange ao amor, a fé e o plano único de salvação por intermédio de Jesus o Messias, As famílias da terra vão perdendo o seu devido rumo e por consequência, o devido e exato valor.

Quem é adepto dessas insanas propostas, da ideologia de gênero, da alienação de Deus na educação  aos filhos? 

Quem concorda com a intromissão da política ideológica sem lógica que estabelece a punição aos pais, que podem ser presos, por proporcionarem uma rígida e adequada repreensão e orientação as suas crianças, ou seja, aos seus próprios filhos? 

Quem, pessoa do bem, apoia a liberação das drogas? 

Qual família que respeita a dignidade humana, busca a legalização da prostituição? 

Com certeza, abrindo facilidade para o desarranjo social e invalidação do ser humano, sem regras e sem limites, é como estivesse contribuindo indiretamente com a destruição do semelhante, aceitando tudo que o destrói passo a passo. O exemplo disso é que recentemente houve uma tentativa da parte dos políticos de esquerda de liberar o incesto... Dá pra acreditar? Sem contar, outros que defendem o estupro, poligamia, aborto e por aí vai, até se manifestarem publicamente a favor do tráfico humano... Triste, mas o o mal está no meio de nós e no meio dos políticos e dos magistérios.

Observe o que vem acontecendo sobre essa invasão no mundo infantil. Estão querendo desinformar e destruir nossos filhos e o futuro das próximas gerações. Afinal, quem é a favor de despertar nas crianças a sexualidade e arrancar delas a inocência e pureza? Na verdade, isso não passa de uma intenção diabólica, criminosa de promover a pedofilia e perverter a mente de todos e assim, ressuscitar Sodoma e Gomorra, até que tudo seja destruído semelhantemente.

Hei, não se entregue ao sistema destrutível e desprezível. Independentemente da sua opção religiosa, opinião filosófica ou tradução sobre a vida e a existência humana... você não é um boneco programado para ser parte desse show de zumbis, sem noção da verdade, sem valor a vida, sem sentimentos verdadeiros e sem definição de futuro. Não aceite ser marionete e massa de manobra dessa gente maligna, como um produto na mão dos poderosos que dominam o sistema e manipulam as pessoas. Querem e proclamam a Nova Ordem com ações e projetos da desordem. Tudo em nome do poder e da ganância. 

VÍTIMAS DA GANÂNCIA

O lado perverso dos poderosos é movido pelo excessivo amor pelas riquezas da terra e são capazes de usarem de toda mentira possível para nos roubar, matar e trazer todos os meios de destruição, como nos alertou o Messias : O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância. (João 10:10)

Eles são cegos pelo amor que possuem ao dinheiro e assim, são dominados pela própria ganância sem perceberem que estão acometidos da satânica raiz da ganancia, a mesma que se colocou em competição com as riquezas de Deus e do seu poder, mas que provocou desgraças ao ser humano e criação do Eterno. Desta forma, investem todos os mecanismos para tragar o que tiver a sua frente, embarreirando seu caminho. Está escrito: Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. (1 Timóteo 6:10). 

De fato, o espírito da ganância irá tirar a vida de quem o possui, logo, o ganancioso não percebe ser vítima de si mesmo. Observe: Tal é a sorte de todo ganancioso; e este espírito de ganância tira a vida de quem o possui. (Provérbios 1:19)

Quando lemos em II Reis 5: 20 - 27, nos deparamos com um triste episódio ocorrido por uma atitude de ganância da parte de Geazi o moço que acompanhava o profeta Elizeu, que tomou distância do profeta e mentiu a Naamã para receber dádivas, pois quis tirar proveito da situação de que Elizeu se recusara a receber qualquer recompensa em troca da cura que Deus manifestou na vida de Naamã, comandante do exército da Síria, grande herói de Guerra, que se encontrava muito grato por ter sido curado da lepra no Rio Jordão sob a instrução do profeta Elizeu. Um relato triste na vida de Geazi, tendo a sua carreira interrompida devido a cegueira da ganância: ... Era isto ocasião para tomares prata e para tomares vestes, olivais e vinhas, ovelhas e bois, servos e servas? Portanto, a lepra de Naamã se pegará a ti e à tua descendência para sempre. Então, saiu de diante dele leproso, branco como a neve. (2 Reis 5:26,27)

Liberte-se pela verdade e a verdade está em Deus, aceite ou não, Cristo é a única verdade que liberta, como também, a vida a ser vivida, pois ele disse: 

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. João 14:6; também está escrito: Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. João 1:4   

Acredite ou não, a verdade é que, todos precisam da vida de Deus e da luz da verdade para não se perder conforme a intenção do sistema.

O avisado vê o mal e esconde-se; mas os simples passam e sofrem a pena. (Provérbios 27:12)

O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem conhecem aquilo em que tropeçam. (Provérbios 4:19)

Deus te livre de todo mal e da ganância!

Pr. Aroaldo de Oliveira